Artigos

Uber e Taxis.

Art 671 - UBER e Taxis

 

Estamos em pleno século 21 e, pasmem, discutindo se podemos ou não atender clientes num novo e melhor modelo de serviço. Vivemos em um mercado livre, ou deveríamos, mas em plena modernidade são os socos e ameaças, no melhor estilo tribal e primitivo, que táxis parecem vencer o primeiro round desta disputa.

Compro pela internet ou se compro numa loja física? Imagine as lojas de todo país fechando as portas por causa dos e-commerces. Imagine os catálogos telefônicos e enciclopédias se jogando contra você quando você começou a digitar no Google em busca de suas respostas.

Agências de viagem se rebelando contra os guichês de passagens, e fabricantes de lanterna jogando fachos de luz em seus olhos quando celulares incorporaram o dispositivo.

Discutir o Uber é ser retrógrado. A modernidade, a diversidade e a obviedade precisam prevalecer.

A única coisa que ouço nesta discussão é o som da incapacidade de ser melhor. Ouço o som da fraqueza se debatendo, é o som da mesmice encostando no “mais do mesmo”, o serviço básico raspando no serviço ruim, o som do carro sem espaço para bagagem batendo na frente da rodoviária ou aeroporto.

O Uber cresce no espaço deixado pela incapacidade de ofertar carros e serviços melhores. Cresce na ausência de um tratamento melhor ou num investimento no conforto. Na economia do ar condicionado desligado, na fumaça do motorista que fuma, que xinga, que engana e ainda no corporativismo que não fiscaliza e não pune.

Tanta reclamação contra o Uber é o som de muita gente acomodada em dar quase sempre pouco de si e querer muito de seus passageiros. É o ruído infernal de muito motorista preparado para aceitar suas fraquezas e condenar, não somente a si, mas aos seus clientes a seguir pelas ruas sendo guiado e limitado por elas.

 

“Roberto Mendes é publicitário, especialista em marketing pelo Instituto de Administração e Gerência da PUC/RJ, pós-graduado em Engenharia Ambiental, professor titular da Universidade Candido Mendes e sócio da TargetComunica.”

 

2017 - Desenvolvido por TargetComunica© - Todos os Direitos Reservados