Entries by Roberto Mendes

Esse ano já acabou!

  Diz a lenda que o rico trabalha pouco e pobre trabalha muito. Nesta lógica somos ricos, muito ricos. O consumo precisa mesmo de ricos, de dinheiro para consumir produtos e serviços. Somos ricos! Duzentos e dois milhões de ricos. Na verdade a cada dezoito segundos aumenta em mais um o número de brasileiros, segundo […]

Segmentação ou discriminação

É preceito básico do marketing definir quem é o público alvo de determinado produto, serviço ou ação. Separar, agrupar e focar é condição para que se consiga eficiência em marketing, evitando assim que determinada oferta seja feita ao cliente errado ou com baixíssima probabilidade de conversão em venda. Considerando que toda ação de venda ou […]

O Brasil entrou em campo

Nesta terça-feira vi muito mais que a seleção em campo, vi o Brasil. Não num sentido emocional, mas funcional. Vi a falta de pegada, vi o individualismo, vi o excesso de autoestima superando o conjunto, vi a tática comandando a estratégia, vi o brasileiro ser mal tratado, vi o México (com todo respeito) ser comparado […]

Batendo uma bolinha

Enquanto todos os países sede tiveram crescimento do PIB no ano da Copa (exceto Itália em 1990) o Brasil segue na contra mão com redução do PIB. Nossa cambaleante economia segue chutando para fora apesar de realizar investimentos desnecessários em estádios e indispensáveis em infraestrutura. Assim apesar da injeção de dinheiro público e privado em […]

Copa de muito dinheiro!

A Copa do Mundo da FIFA 2014 é nome registrado e de uso proibido, exceto por patrocinadores. Qualquer um que se aventure em usar tal expressão sem ser oficialmente credenciado a isso corre riscos milionários, de multas milionárias. Afinal tudo em uma Copa é milionário. Só em transmissão dos jogos a estimativa é que se […]

Simplesmente não se importa

Comprar é uma necessidade. Seja física, orgânica, psicológica, circunstancial, social etc. Diante desta realidade parece que ainda há muitos vendedores e pontos de vendas acomodados nesta circunstância. Entre os muitos estereótipos de vendedores um me incomoda mais. Existe um que se limita ao “tem, mas acabou”, que na prática significa que não tem, e ainda […]

Somos todos peixes

Outro dia vi uma criança de poucos, muito poucos anos tentando virar uma página de um livro com movimentos mágicos. Na verdade ela oscilava a mão de um lado para o outro tentando em vão provocar a mudança da página do livro, pois tais passes de mágica são específicos de um tablet ou smartphone. Enquanto […]